Confira:

6/recent/ticker-posts

Projeto “Sou Servidor e Doo Sangue com Amor” motiva trabalhadores da Prefeitura


Objetivo é incentivar a doação de sangue entre os trabalhadores e a população

PORTO VELHO, RO - Um gesto de amor e que pode salvar muitas vidas. A doação de sangue tem mobilizado muitos servidores da Prefeitura de Porto Velho lotados na Secretaria Municipal de Administração (Semad). Trata-se do projeto “Sou Servidor e Doo Sangue com Amor”.

O projeto, de iniciativa da Semad, iniciou na última quarta-feira (22) e segue até esta sexta (24). Além de doarem sangue, os trabalhadores também incentivam os colegas a fazerem o mesmo.

“É gratificante porque a gente tem a noção de que está salvando quatro vidas. Gosto de ajudar de alguma forma as pessoas e eu acredito que doar sangue é uma maneira”, disse a servidora Marilene Miranda.

Ela conta que é doadora há algum tempo, mas ganhou muito mais motivação quando sua avó, durante cinco anos, precisou de transfusões. “Toda vez que doo sangue eu penso nela”, afirma.

CUIDADOS

O assistente social da Fhemeron, Dimarães da Silva, explica que para doar sangue é preciso alguns cuidados básicos, como por exemplo, estar com saúde, alimentado, pesar no mínimo 50kg e ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior.


Marilene Miranda, servidora da Semad, foi uma das doadoras do projeto

Com relação à idade, pessoas a partir dos 16 anos já podem doar sangue, sendo que os menores precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis. Todos precisam apresentar documento oficial com foto. Para ser um doador, a pessoa não pode ter contraído hepatite após os 11 anos de idade ou ter diagnóstico positivo para infecções sexualmente transmissíveis, como hepatite B e C e vírus HIV.

INTERVALO

Com relação aos intervalos entre as doações, Dimarães informa que homens podem fazer quatro doações ao ano, com intervalos mínimos de 60 dias de uma para a outra. Já para as mulheres as doações devem ser feitas a cada 90 dias.

“Toda vez que a pessoa doa sangue tem direito a um atestado médico para que possa descansar e não fazer atividades físicas após a doação. Quem é piloto ou motorista de ônibus não pode exercer as atividades logo após ter doado sangue”, explicou.

PARCERIA

A iniciativa envolve servidores da Semad lotados no Departamento de Patrimônio, Arquivo, Logística, Conservação e Reparo DPLCR/Semad. O Projeto conta com a parceria das seguintes secretarias: Educação (Semed), Regularização Fundiária e Habitação (Semur) e Superintendência Municipal de Tecnologia da Informação (SMTI).

Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários