Confira:

6/recent/ticker-posts

MP investiga show de Gusttavo Lima por R$ 800 mil em Roraima


MPRR solicita informações do município sobre como os recursos foram arrecadados e também se haverá retorno para os moradores da cidade

PORTO VELHO, RO - O Ministério Público de Roraima (MPRR) investiga a contratação do cantor Gusttavo Lima pela prefeitura de São Luiz por R$ 800 mil. O órgão solicita, por meio da Promotoria de São Luiz, informações do município sobre como os recursos foram arrecadados e também se haverá retorno para os moradores.

Em nota enviada, James Batista (Solidariedade), prefeito da cidade, afirmou que não brinca com dinheiro público. Ele ainda alega que “o evento trará receitas diretas para as contas do município que permitirão o pagamento de todas as despesas”.

Em 2022, notícia de que o cantor supostamente seria pai de uma adolescente de 16 anos se tornou um dos assuntos mais comentados da internet. Ele nega a paternidade. O processo corre em segredo de Justiça

“A falta de conhecimento do planejamento que temos e da realidade que São Luiz vive, faz com que muitos se precipitem em críticas pejorativas infundadas, mas estamos prontos para demonstrar que quando há planejamento, comprometimento e determinação o sucesso é mera consequência”, alega ele, em outro trecho da nota.

São Luiz tem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 147,6 milhões, o segundo mais baixo do estado. Além disso, a cidade tem população estimada em cerca de 8 mil habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Ministério Público não informou quando foi instaurada a investigação, mas disse que a prefeitura recebeu um prazo de 10 dias para enviar resposta. O show deve ocorrer em dezembro, com apresentação do Embaixador, da dupla Cesar Menotti & Fabiano e da cantora Solange Almeida.

Entenda a confusão

O show de Gusttavo Lima em São Luiz ganhou destaque nas redes sociais nessa terça-feira (24/5), após um perfil no Twitter divulgar os valores dos shows. Na publicação, ele compara o total de habitantes de São Luiz, contrapondo o valor com os benefícios da Lei Rounet.

“Cada habitante pagou cerca de 100 reais para o show acontecer. Idosos, bebês, todos pagaram. Claro que não precisam de Lei Rouanet”, diz o perfil.




O Metrópoles entrou em contato com a assessoria de Gusttavo Lima e ainda não obteve resposta. O espaço segue aberto para futuras declarações.


Fonte: Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários