Confira:

6/recent/ticker-posts

Mais de 400 alunos estrangeiros estudam na rede municipal de ensino de Porto Velho


Trabalho de inclusão é feito em todas as escolas municipais

PORTO VELHO, RO - Mais de 400 alunos estrangeiros estão matriculados na rede municipal de ensino em Porto Velho, tanto na educação infantil quanto no ensino fundamental. Esse acolhimento é fruto de uma parceria entre as Secretarias de Educação (Semed) e de Assistência Social e da Família (Semasf), para que nenhuma criança fique fora da sala de aula.

"Temos uma política educacional que acolhe alunos estrangeiros e prepara professores com cursos de formação durante o ano inteiro. Sempre visando aprimorar o relacionamento com os alunos e suas diversidades, seja por nacionalidade estrangeira ou atendimento a crianças com necessidades especiais", comentou Gláucia Negreiros, secretária Municipal de Educação.

A diretora do Departamento de Políticas Educacionais da Semed, Juliene Rezende, explica que não há uma escola específica para atender os estudantes de outros países. “O atendimento educacional na rede municipal se dá de forma universalizado, onde trabalha-se a inclusão em todas as unidades escolares”, afirmou.

Ela ainda ressaltou que, a exemplo das crianças de Porto Velho, a inserção dos estudantes de outros países nas escolas municipais também acontece por meio da chamada escolar realizada pela gestão municipal. “A Prefeitura, através da Semed, realiza a chamada escolar on-line todos os anos, para inserção de alunos da educação infantil e ensino fundamental. Dessa forma, temos acesso através do Sistema E-cidade a todas as informações dos alunos”, disse.

PREPARO DOS PROFESSORES


Profissionais são capacitados para trabalhar a inclusão dos alunos

Outro ponto importante mencionado é com relação ao preparo dos profissionais da educação para atender a essa demanda em Porto Velho. De acordo com a servidora da Semed, a Prefeitura “oferece formações para os professores de forma contínua, considerando a necessidade da rede municipal”, para acolher e inserir os imigrantes na escola.

ACOMPANHAMENTO

Quanto ao acompanhamento do desenvolvimento escolar dos estudantes estrangeiros, Juliene informa que a Semed também conta com a parceria e apoio dos profissionais da Semasf, que ainda realiza todo atendimento na área social, caso seja necessário.

BALANÇO

Bolívia - 80
Colômbia - 4
Cuba - 1
Espanha - 2
Estados Unidos da América- 1
Guiana Francesa - 1
Haiti - 23
Itália - 1
Peru - 3
Portugal - 2
Santa Lúcia (Caribe) - 1
Venezuela - 297
Total - 416

Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários