Confira:

6/recent/ticker-posts

Líder indígena Sonia Guajajara e pesquisador Tulio de Oliveira entram na lista dos 100 mais influentes da revista Time


Gabriel Boric, novo presidente do Chile com apenas 36 anos, Putin e Zelensky também estão na prestigiosa lista da publicação norte-americana.

PORTO VELHO, RO - O pesquisador Tulio de Oliveira e a ativista Sonia Guajajara são os dois brasileiros que integram a nova lista das cem pessoas mais influentes do mundo feita pela revista Time.

A publicação divulgou a prestigiosa lista - que aponta pessoas que exerceram influências ao longo do ano, não necessariamente positiva - nesta segunda-feira (23), na qual também entraram nomes como os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, além do líder do Chile, Gabriel Boric, que assumiu o governo do país há dois meses com apenas 36 anos.




A líder indígena Sonia Guajajara, uma das brasileiras que integram a nova lista das cem pessoas mais influentes da revista Time. — Foto: Reprodução/GloboNews

Atual coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil pela Amazônia (Apib), a líder indígena Sonia Guajajara foi candidata a vice-presidente pelo PSOL em 2018.

Em abril do ano passado, Guajajara foi intimada pela Polícia Federal a prestar depoimento por conta de críticas que a ativista fez ao governo federal pela falta de apoio à população indígena em um documentário. Um mês depois, o inquérito foi arquivado.

O texto da revista Time, assinado por Guilherme Boulos, sobre a líder indígena destaca que ela "desafiou as estatísticas e conseguiu se formar em uma universidade", sendo filha de analfabetos e tendo que sair de casa aos dez anos de idade para trabalhar.



O brasileiro Tulio de Oliveira, que também já havia entrado na lista da revista Nature que seleciona os dez pesquisadores que mais contribuíram com a ciência no ano. — Foto: Reprodução/GloboNews

Responsável por sequenciar a variante ômicron do coronavírus na África do Sul, o brasileiro Tulio de Oliveira foi um dos primeiros a alertar para a gravidade da nova cepa.

Diretor do Centro para Respostas e Inovação em Epidemias (CERI) na África do Sul, onde vive desde 1997, ele ganhou destaque ao chefiar uma das equipes envolvidas na descoberta da variante ômicron do coronavírus no país e por compartilhou os dados com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A revista Time afirma que a descoberta de Tulio foi "um momento de transformação e mudança de paradigma, e que simboliza como a excelência na ciência pode ser originada na África".

O CEO da startup brasileira Nubank, David Vélez, também entrou para a lista.

Entre outras personalidades mundiais eleitas como as mais influentes do ano pela Time, estão os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, da China, Xi Jinping, e da Tanzânia, Samia Hassan Suluhu, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e a do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, as atrizes Mila Kunis e Sarah Jessica Parker, a apresentadora Oprah Winfrey, a cantora britânica Adele e o tenista espanhol Rafael Nadal.

Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários