Confira:

6/recent/ticker-posts

Dólar opera em queda, abaixo de R$ 5


Na segunda-feira, a moeda norte-americana recuou 0,14%, vendida a R$ 5,0501.

PORTO VELHO, RO - O dólar opera em queda nesta terça-feira (17), negociado abaixo de R$ 5, com os mercados avaliando a possibilidade de alívio nas restrições de combate à Covid-19 na China, em dia de forte desvalorização da moeda norte-americana no exterior.

Às 10h46, a moeda norte-americana caía 1,40%, vendida a R$ 4,9792. 

Na segunda-feira, o dólar fechou em queda de 0,14%, a R$ 5,0501. Com o resultado, passou a acumular alta de 2,18% no mês. No ano, ainda tem queda de 9,41% frente ao real.


O que está mexendo com os mercados?

No exterior, os mercados esboçavam dia de alta nos mercados acionários, na esperança de uma retomada na China, uma vez que as autoridades podem relaxar as restrições da Covid-19 que começaram a pressionar a segunda maior economia do mundo.

Os preços do petróleo subiam nesta terça, com o barril de Brent negociado acima de US$ 115.

Na Europa, dados revisados mostraram que o crescimento econômico da zona do euro foi mais forte do que o anteriormente esperado no primeiro trimestre e que o emprego também aumentou, apesar da guerra na Ucrânia. O Produto Interno Bruto (PIB) dos 19 países que compartilham o euro subiu 0,3% no período de janeiro a março sobre os três meses anteriores.

Os investidores seguem monitorando pistas sobre o ritmo da elevação dos juros nas principais economias do mundo. Juros mais altos nos EUA tornam os investimentos em títulos do tesouro norte-americano (treasuries) mais rentáveis, valorizando o dólar frente a outras moedas e drenando liquidez de países emergentes como o Brasil.

Na cena doméstica, a FGV mostrou que o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) desacelerou a alta para 0,10% em maio, ante 2,48% em abril, com alívio nos preços de commodities agrícolas e minerais.


Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários