Confira:

6/recent/ticker-posts

Cadela farejadora da Polícia Militar morre envenenada em Ariquemes


Suspeitos do envenenamento estão sendo investigados

PORTO VELHO, RO - A morte da cadela Yuka farejadora na Polícia Militar (PM) de Ariquemes (RO) foi confirmada nesta terça-feira (10) pela Polícia Militar (PM). De acordo com a PM “tudo indica que ela foi envenenada”.

O comandante do 7º Batalhão da PM, Deivisson Bispo disse que provavelmente foi uma retaliação do crime organizado pela efetividade do nosso trabalho.

Ao longo de quatro anos Yuka ajudou em várias apreensões de drogas feitas pela PM. Através de uma nota de pesar, a corporação informou que o falecimento da cadela e causou grande comoção aos policiais que acompanharam seu trabalho.



Divulgação

Yuka era da raça Pastor Alemão e tinha nove anos. A cadela Ela fazia parte do canil do 7º BPM desde 2018 e já estava próxima da aposentadoria quando foi morta.

A PM informou que os suspeitos de terem praticado o envenenamento estão sendo identificados e devem ser responsabilizados.


Fonte: Diário da Amazônia

Postar um comentário

0 Comentários