Confira:

6/recent/ticker-posts

Bumbum brasileiro vira obsessão entre americanas



                                    Só em 2021 foram realizados 61.387 aumentos de nádegas

PORTO VELHO, RO - As americanas têm uma nova obsessão: o bumbum brasileiro. Segundo dados divulgados pela revista do "The New York Times", em 2021, foram feitos 61.387 aumentos de nádegas. De acordo com a Aesthetic Society, uma organização profissional e grupo de defesa de cirurgiões plásticos certificados, o número inclui implantes e enxertos de gordura.

"A tendência nos Estados Unidos começou em Miami, sem dúvida, e depois se espalhou para outras partes do país”, dise Michael Salzhauer, conhecido como Dr. Miami, à publicação. "Acredito que tenha a ver com a influência da cultura sul-americana. O procedimento é chamado de 'levantamento de bumbum brasileiro', não porque foi necessariamente inventado no Brasil, mas você pensa em mulheres brasileiras com bundas empinadas."

A revista afirma que americanas estão viajando para lugares como Colômbia, República Dominicana e México em busca de opções cirúrgicas e de recuperação ainda mais baratas. Nos Estados Unidos, esse tipo de cirurgia custa em média cinco mil dólares. Acrecente os valores da recuperação e essa conta pode chegar a quinze mil dólares.

De Atlanta, Randi Wright passou pelo procedimento em 2020. Foi uma cirurgia complexa na qual a gordura é lipoaspirada do abdômen ou parte inferior das costas ou outras partes carnudas e usada para aumentar e moldar as nádegas. "Mudou minha vida. Não conseguia me apresentar em lugar algum por causa do meu corpo", contou ela. "Você realmente não tem mais aquele corpo, da noite para o dia. É realmente uma mudança de vida e é mais emocional do que qualquer coisa."


Fonte: O Globo

Postar um comentário

0 Comentários