Confira:

6/recent/ticker-posts

Prefeitura presta apoio à operação policial realizada no entorno da rodoviária de Porto Velho


Comércios sem alvarás de funcionamento foram lacrados e moradores de rua foram encaminhados para unidade de acolhimento

PORTO VELHO, RO - Visando garantir a segurança pública no entorno da rodoviária, a Prefeitura de Porto Velho participou da Operação Ordo, desencadeada pelo 1º Batalhão da Polícia Militar na noite de quinta-feira (7).

“O objetivo dessa operação é fazer um trabalho preventivo e repressivo naquela área que é uma das principais entradas da cidade. A população tem visto que no local existem várias pessoas em situação de rua, usuários de drogas, casos de prostituição, roubos e furtos. Nossa ideia é fazer esse combate, preservando a dignidade da pessoa humana. Qualquer situação ilícita vamos conduzir para a Delegacia Central”, explicou o comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar e responsável pela operação, major PM Wilson Amorim.

Durante a operação, que contou com apoio de diversas secretarias municipais, além do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal, 12 estabelecimentos foram fechados e quatro pessoas foram presas por tráfico de drogas.




IRREGULARIDADES

Mariana Pereira de Oliveira, chefe de Fiscalização da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), informou que o intuito de sua equipe era verificar possíveis irregularidades nas empresas, negócios e atividades comerciais, principalmente quanto ao alvará de funcionamento.


Fiscalização Municipal acompanhou o andamento da operação

“Em caso de irregularidades o estabelecimento é interditado. Essa é a penalidade prevista na legislação vigente”, explica.

Logo no início dos trabalhos, foram identificados cinco estabelecimentos comerciais que funcionavam em plena avenida Jorge Teixeira, próximo ao terminal rodoviário, que não possuíam alvarás de funcionamento e foram lacrados pela equipe da Semfaz.

POSTURAS

O diretor do Departamento de Fiscalização de Conduta Urbana, mais conhecido como Departamento de Posturas, Christian Lima, junto com sua equipe de fiscais, verificaram situações relacionadas a venda de bebidas alcoólicas, irregularidades administrativas dos estabelecimentos, uso de equipamentos e mercadorias em locais impróprios, entre outros.

“Nossa função é acompanhar todos os órgãos envolvidos nessa operação conjunta, fazendo o trabalho da Prefeitura, com poder de polícia administrativa, para que as pessoas trabalhem dentro da legalidade”, explicou.


Prefeitura promoveu acolhimento de pessoas em situação de rua


ACOLHIMENTO

Já o grupo comandado por Carla Tájila da Silva, gerente da unidade de acolhimento da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf), atuou conversando com as pessoas em situação de rua, explicando que a Prefeitura dispõe de um local apropriado e bem estruturado para que elas possam ficar em segurança, sem exposição aos perigos das ruas.

“Temos o Centro Pop que faz esse atendimento para as pessoas em situação de rua. Essas pessoas foram orientadas sobre o nosso serviço e de que forma podemos atendê-las, proporcionando um local digno para ficar”, comentou.

Durante a operação, foram distribuídos kits de higiene e alimentação para os acolhidos.

LIMPEZA


A operação também contou com atuação direta da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb).


Região recebeu serviços de limpeza urbana durante a operação

Barracas que ocupavam o canteiro central da avenida Jorge Teixeira foram desmontadas e levadas por um caminhão para o pátio da Semusb. Os proprietários foram orientados a procurar o abrigo da Prefeitura para serem acolhidos.

TRÂNSITO

O controle do tráfego para que a PM e demais profissionais trabalhassem com total segurança ficou por conta da PRF com apoio da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran).

“Nosso papel enquanto agente de trânsito é fazer as interdições das vias laterais conforme nos foi passado pela Polícia Militar e dar total apoio a todas as entidades envolvidas nessa ação para garantir segurança de cada um na via pública”, declarou o supervisor de trânsito da Semtran, Válbio Carvalho.

Por sua vez, a PRF informou que a presença dos agentes tinha o propósito de apoio e integração com o 1º Batalhão da Polícia Militar, atendendo solicitação do major PM Amorim, para garantir o controle do fluxo de veículos na via federalizada (BR-319) e proporcionar todas as condições possíveis para que a operação transcorresse da melhor forma possível.

APOIO


A Operação também contou com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), através da Vigilância Sanitária, e da Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho (Emdur) que ampliou a iluminação pública na região.

Texto: Augusto Soares
Foto: Wesley Pontes
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários