Confira:

6/recent/ticker-posts

Prefeitura e Comissão de Mães Atípicas discutem políticas públicas para crianças especiais



Proposta é atender demandas de famílias especiais nas áreas de saúde e educação

PORTO VELHO, RO - Buscando avançar com os resultados positivos no atendimento a crianças especiais em Porto Velho, a Prefeitura promoveu, nesta terça-feira (19), uma reunião com representantes da Comissão de Mães Atípicas. O objetivo é unir esforços para a implantação de políticas públicas nos atendimentos em postos de saúde e escolas da rede municipal.

“Nossa missão é transformar a escola em uma ponte de conexão para agendamento médico e psicológico para os alunos e também às mães das crianças matriculadas na rede de ensino. Queremos apoiar essas famílias com mais proximidade, identificando atendimentos médicos específicos para os alunos especiais e possibilitando uma ligação direta entre postos de saúde e escolas da mesma área geográfica, tornando essa atenção especial uma realidade”, explica Gláucia Negreiros, titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Uma das estratégias é estabelecer um fluxo de atendimento entre as pastas de Educação, Saúde e Assistência Social. As mães presentes na reunião pediram apoio no desenvolvimento escolar de seus filhos.

“A Prefeitura vem trabalhando com olhar diferenciado no sentido de estar sempre melhorando a atenção na escola e acolhimento a essas famílias, pois muitas estão sobrecarregadas. Nós estamos aqui para unir esforços em um canal escolar e atender a demandas mais frequentes, principalmente no que trata de diagnóstico sobre o quadro de cada criança, seja para a saúde ou para o ensino e abordagem escolar”, completou a secretária da Semed.

Participaram da reunião, representantes da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf) e representantes da Comissão de Mães Atípicas (Marias).

Texto: Géri Anderson
Foto: Semed
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


Postar um comentário

0 Comentários