Confira:

6/recent/ticker-posts

Pais denunciam 'situação precária' de escola estadual na zona rural de Campo Novo, RO


Banheiros no contra piso, paredes sem reboco e perigo na instalação elétrica são algumas das principais reclamações.

PORTO VELHO, RO - Pais dos alunos de Campo Novo de Rondônia (RO) procuraram a Rede Amazônica para denunciar a "situação precária" da Escola Estadual Ruth Rocha, localizada no distrito de Rio Branco. A comunidade diz que aguarda por uma reforma que está parada há cerca de três anos.

Em vídeos que o g1 teve acesso, uma mãe mostra as dependências da escola apontando as principais reclamações, que vão do chão até o teto.

O sistema elétrico preocupa os pais pela falta de segurança. Em uma parte, um quadro escolar foi utilizado para "esconder" os quadros de energia para que as crianças não toquem. Um buraco na parede onde fica o distribuidor de energia também chama atenção (veja nas fotos abaixo).


Buraco no parede onde fica distribuidor de energia em escola de Campo Novo de Rondônia — Foto: Reprodução


As imagens mostram ainda os antigos banheiros da instituição, que teriam sido parcialmente demolidos e atualmente são utilizados como depósito para materiais de construção nunca usados. Os alunos dependem das novas estruturas que não foram concluídas.


Outra grande reclamação é quanto a estrutura das salas de aula. Além do local ser pequeno para a quantidade de alunos, a população afirma que o chão está no contra piso e os aparelhos de ar condicionado não estariam funcionando corretamente.


"A gente pede resposta porque não dá mais para continuar do jeito que está. As crianças estão sofrendo muito, é muito descaso", reclamam.


Segundo os pais, existem novos aparelhos guardados na escola, mas eles não podem ser instalados por conta da instabilidade no sistema elétrico.


Outras reclamações listadas pela comunidade são:



    * falta de professores,

    * sujeira constante,

    * infiltrações nas paredes,

    * teto com buracos,

    * lodo nas calçadas,

    * falta de carteiras,

    * objetos abandonados no pátio.




Cadeiras abandonadas no pátio de escola estadual de Rondônia — Foto: Reprodução

O g1 entrou em contato com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para saber se a pasta tem conhecimento das denúncias e qual a previsão de melhorias. Em nota, a Seduc informou que a Escola Ruth Rocha atende 270 alunos de ensino fundamental e médio, mas não respondeu os questionamentos feitos pela reportagem quanto as questões estruturais.

Fonte: G1RO

Postar um comentário

0 Comentários