Confira:

6/recent/ticker-posts

Governo convoca Força Nacional em dia de protesto indígena na Esplanada dos Ministérios


Autorização da presença dos militares acontece durante manifestação de integrantes do acampamento Terra Livre contra projeto que permite a mineração em reservas indígenas

PORTO VELHO, RO - O governo federal resolveu reforçar a segurança na Esplanada dos Ministérios nos próximos dias com a convocação da Força Nacional de Segurança. A autorização para que a força especial atue na Esplanada dos Ministérios está publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta quarta-feira (13), o mesmo dia em que está programado o ato "A Queda do Céu", organizado pelos indígenas que participam do Acampamento Terra Livre.

A autorização vale até o dia 30 de abril. O R7 apurou que a autorização do uso da força tem ligação com o protesto.

Segundo o Ministério da Justiça, o emprego da Força Nacional na Esplanada será em caráter episódico e planejado. Os policiais atuarão em "ações de preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, na defesa dos bens e dos próprios da União, no interior do Palácio da Justiça".

O Acampamento Terra Livre começou em 4 de abril e vai até o dia 14, o mesmo período em que o Congresso Nacional e o governo federal pautam a votação de projetos criticados por povos originários, como o projeto de lei (PL) 191/2020, de autoria do Executivo, que autoriza a mineração em reservas indígenas.

Nesta quarta-feira, está previsto o ato em que indígenas devem marchar da Funarte até a Esplanada dos Ministérios. “Este é um momento de celebração e luta pelos nossos direitos. O ato ‘A Queda do Céu’ é uma intervenção política e cultural que nunca ocorreu no país. Vamos utilizar da nossa ancestralidade e da tecnologia de 150 drones para levar para todos e todas as mensagens dos povos indígenas”, disse Sônia Guajajara, coordenadora-executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil.


Fonte: R7

Postar um comentário

0 Comentários