Confira:

6/recent/ticker-posts

Cruzamento da avenida Governador Jorge Teixeira com José Camacho passa por alteração

Condutores são orientados por agentes de trânsito sobre a mudança

PORTO VELHO, RO - Os motoristas de Porto Velho devem ficar atentos às novas alterações realizadas pela Prefeitura no trânsito da zona Norte da cidade. Na última sexta-feira (8), a Secretaria Municipal de Trânsito (Semtram) promoveu um pit stop educativo no cruzamento da avenida Governador Jorge Teixeira com a rua José Camacho para orientar os condutores.

As mudanças realizadas priorizam, principalmente, a segurança e rapidez no tráfego. A partir de agora o cruzamento deve ser utilizado apenas para retorno dos veículos que já transitam na Jorge Teixeira sentido avenida Tiradentes para a avenida Calama.

Os veículos que se aproximam do cruzamento não podem cruzar a Jorge Teixeira e nem acessar o retorno, eles devem converter obrigatoriamente à direita em ambos os lados do cruzamento.

A mudança foi motivada após estudos realizados no cruzamento das avenidas dos Imigrantes com Jorge Teixeira, visto que o cruzamento estava com um adensamento de veículos considerável.


Trabalho educativo da Semtran continuará na próxima semana

Dessa forma, os técnicos da Semtran concluíram que deveria ser criada uma nova rota para o escoamento dos veículos que transitam da zona norte para o centro da capital.

"O estudo foi concluído após medições realizadas no local, contagem volumétrica veicular e simulações nos tempos semafóricos, onde durou cerca de 30 dias”, explicou Décio Souto, diretor de Mobilidade e Polo Gerador De Tráfego.

O trabalho educativo deverá continuar na próxima semana, principalmente nos horários de pico. As sinalizações horizontais e verticais, exceto o semáforo, já estão implantadas e bem reforçadas.

Para não haver dúvidas, o tempo semáforico será alterado no cruzamento da avenida Tiradentes com Jorge Teixeira, oportunizando maior fluidez do trânsito.

A mudança semafórica deverá ocorrer na próxima quinta-feira (14). “Estimamos que essa fase de adaptação dos condutores dure de 15 a 30 dias, por isso seguiremos com o trabalho educativo”, finalizou Décio.

Texto: Renata Beccária
Foto: SMC
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários