Confira:

6/recent/ticker-posts

Rondônia foi o 4º estado mais desmatado na Amazônia Legal em fevereiro, aponta Imazon

Com relação ao mesmo período de 2021, o desmatamento aumentou 190%. Terras Indígenas e Unidades de Conservação rondonienses aparecem na lista de mais desmatadas.

PORTO VELHO, RO - O desmatamento das Floresta Amazônica em Rondônia cresceu 190% em fevereiro de 2022 se comparado ao mesmo período de 2021. Os dados são do relatório divulgado mensalmente pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).


Em comparação aos outros estados da Amazônia Legal, Rondônia ocupa a 4ª posição no ranking dos mais desmatados em fevereiro. Ao todo, o estado perdeu 29 km² de floresta.

Somente em Porto Velho, a área perdida no último mês (10 km²) é igual ao desmatamento de todo o estado no mesmo período de 2021. A capital está na lista das 10 cidades mais desmatadas.

A Reserva Extrativista (Resex) Jaci-Paraná, em Rondônia, é a segunda unidade de conservação mais afetada pelo desmatamento na Amazônia Legal em fevereiro. Em 2021 ela sequer fazia parte no ranking.

Já com relação à Terras Indígenas (TI), a TI Karipuna, localizada em Porto Velho e Nova Mamoré (RO) ocupa o 1º lugar e é acompanhada bem de perto pela TI Kayabi, situada entre o Acre e Mato Grosso.

Amazônia Legal

O Imazon, através do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), detectou 303 km² de floresta. Um aumento de 69% em relação a fevereiro de 2021. Os estados mais desmatados foram:

Mato Grosso (32%)
Pará (27%)
Amazonas (24%)
Rondônia (10%)

Fonte: G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários