Confira:

6/recent/ticker-posts

Porto Velho presta assistência à mulheres vítimas de violência doméstica no Creas Mulher

Município conta com abrigo enquanto durar medida protetiva


PORTO VELHO, RO - Mulheres que sofrem violência doméstica podem buscar, junto a Prefeitura de Porto Velho, atendimento psicológico, abrigo e outros serviços de amparo. O acolhimento é realizado pelo Centro de Referência Especializado da Assistência Social no Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica (Creas Mulher).

Raisa Cristina Moreira Martins, coordenadora do Creas Mulher

No último ano, cerca de 100 mulheres se cadastraram junto ao Creas Mulher. O serviço recebe demanda espontânea e também mulheres encaminhadas pelo Ministério Público de Rondônia (MPRO), Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) e pelas delegacias de polícia.

Hoje, o centro oferta acompanhamento psicológico às vítimas, abrigo na Unidade de Acolhimento a mulheres vítimas de violência doméstica, além de assistência referente aos programas sociais como o Mulher Protegida, que consiste no valor de R$400,00 pagos durante seis meses pela Seas.

“A gente presta auxílio psicológico e dá aquele primeiro atendimento. Se a vítima não tiver para onde ir, ela pode contar com a nossa casa abrigo e permanecer até sair a medida protetiva ou até outra solução junto à família”, explicou a coordenadora Raisa Cristina Moreira Martins, coordenadora do Creas Mulher. Atualmente sete mulheres estão abrigadas na unidade.

O Creas Mulher fica localizado no Espaço Mulher, ao lado da Maternidade Municipal Mãe Esperança, na rua Antônio Lourenço Pereira de Lima, n°2360, Bairro Embratel. O centro funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Informações pelo telefone (69) 98473-4725.

Texto: Renata Beccária
Foto: Wesley Pontes
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários