Confira:

6/recent/ticker-posts

O DIA NA HISTÓRIA


PORTO VELHO, RO

BOM DIA 10 DE MARÇO!

COMEMORA-SE

Dia do Rim. Dia do Telefone. Dia do Sogro. Dia do Conservador. Dia Internacional da Gaita de Foles. Dia da Sociedade dos Amigos do Bairro (SP).

Católicos lembram São João Ogilver; São Simplício, papa; os 40 Mártires de Sebaste 

RONDÔNIA

Em 1904 – O presidente da República Rodrigues Alves assina o Decreto-Lei 5.161 autorizando construir a ferrovia Madeira-Mamoré.

BRASIL

1534 - Duarte Coelho de Albuquerque é o 1º a receber uma capitania no Brasil, a de Pernambuco. 1557 – Pastores enviados por João Calvino, realizam o 1º culto protestante no Brasil, na baía da Guanabara.  1884 — Morreu Bernardo Guimarães, autor do livro Escrava Isaura. 

MUNDO

1827 - Morre o rei do Reino de Portugal, Brasil e Algarves João Maria José Francisco Xavier de Paula Luís António Domingos Rafael de Bragança, o Dom João VI. 2006 - Descoberta a terceira catarata mais alta do mundo (711 metros) em Chachapoyas no Peru.

FOTO DO DIA

O engenheiro Joaquim Catramby foi selecionado, por licitação realizada pelo Ministério da Viação e Obras Públicas, como vencedor do edital para a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, compromisso brasileiro no Tratado de Petrópolis assinado com a Bolívia, em que o Brasil comprou o Acre. O contrato de construção foi autorizado pelo Decreto Nº 6.103, de 7 de agosto de 1906, mas quatro meses depois, em novembro, anunciou-se que Catramby vendera o contrato ao megaempresário norte-americano Percival Farqhuar, que já vinha investindo em diversas obras estruturais no país, e com obras também nos Estados Unidos e América Central. O valor pago por Farqhuar a Catramby foi de 60 mil dólares (valor da época). A ferrovia, concluída em 1912, tinha como principal importância dar à Bolívia um canal para a exportação de seus produtos, especialmente a borracha – foto num ponto qualquer da estrada de ferro, o trem está parado para que a borracha possa ser embarcada.


Fonte: Lúcio Albuquerque

Postar um comentário

0 Comentários