Confira:

6/recent/ticker-posts

Mercados Gonçalves - justiça pede atualização bancária de funcionários para agendar pagamentos

Data para pagamento ainda não está definida, mas processo entra em sua fase final

PORTO VELHO, RO - A 6ª vara cível de Porto Velho deu mais um passo para a conclusão do processo de pagamento dos funcionários e credores do Mercado Gonçalves, uma das empresas mais renomadas de Rondônia e que fechou as portas há cerca de três anos por problemas administrativos.

De acordo com decisão proferida pela juíza Elisangela Nogueira e publicada pelo Diário da Justiça no dia 7 de março já está em trâmite a fase preparatória para pagamento das dívidas. Na prática, este é o momento em que o judiciário solicita a lista completa com os nomes de credores e trabalhadores beneficiários.

Eles devem informar seus dados bancários atualizados para que sejam feitos os eventuais pagamentos. Em que pese o fato de a justiça não ter fixado, ainda, datas para depositar os pagamentos, este é um importante passo rumo à reta final do processo.

Aos beneficiários, é importante procurar o Sindicato dos Comerciários de Porto Velho (Sindecom) para fornecer ou atualizar os dados bancários, de modo que não haja falhas de informação na lista que será repassada ao judiciário para pagamento. São mais de 1.3 mil funcionários que compõem a ação coletiva e estão na lista de espera para pagamento.

É importante ressaltar que os beneficiados pela ação não devem deixar para última hora a atualização de seus dados nesta lista e a defesa responsável pelo caso apresenta alguns detalhes importantes a serem seguidos:

• Certifique-se de estar informando a conta bancária corretamente, com atenção ao código do banco, agência, número da conta e dígitos, evitando assim possíveis atrasos na transferência dos valores

• A conta informada deve estar em nome do titular do processo, e disponível para receber valores;

• Para quem utiliza a Conta Fácil da Caixa, é necessário procurar uma Agência Caixa e manifestar
 interesse em alterar o limite máximo de transação disponível nessas contas;

• Quanto a data de pagamento, o advogado reitera que ainda não foi fixado uma data, mas que é de suma importância que o trabalhador esteja atento a todas as determinações judiciais, informe os dados necessários dentro do prazo para estar apto a receber, tão logo haja uma determinação judicial para isso.

Em recente declaração feita pelas redes sociais, o empresário José Gonçalves, proprietário dos mercados Gonçalves disse que o pagamento dos funcionários que prestavam serviços para suas empresas é o que ele mais quer atualmente enquanto comerciante.

Ainda segundo ele, seus advogados têm acompanhado de perto o caso e solicitado celeridade quanto a conclusão do processo judicial. Diversos imóveis pertencentes ao empresário foram leiloados para que o recurso financeiro pudesse ser repassado aos colaboradores. “Eu não vou desistir.

O salário dos servidores é para sua sobrevivência, eles precisam disso o quanto antes”, disse o empresário.

O dinheiro arrecadado no leilão é suficiente para arcar com todos os pagamentos dos colaboradores e já está depositado em contas do judiciário, que é o poder responsável para pagar os beneficiados pela ação.


Postar um comentário

0 Comentários