Confira:

6/recent/ticker-posts

Bombeiros socorrem mulher que diz ter sido atacada por capivara na Lagoa, na Zona sul do Rio

Vítima que estava próxima ao Parques dos Patins foi levada para o Miguel Couto


PORTO VELHO, RO - Uma mulher de 56 anos foi socorrida por bombeiros e homens do Programa Segurança Presente na manhã de domingo, próximo ao Parque dos Patins, na Lagoa. Ela contou aos agentes ter sido atacada por uma capivara, perto da Avenida Borges de Medeiros.


Um vídeo que circula na página de bairro Alerta Zona Sul mostra o momento que a vítima é socorrida pelos agentes. A imagem abre com uma ambulância do Corpo de Bombeiros parada e de portas abertas e depois mostra os bombeiros e policiais em torno da mulher, que foi evada para o Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon. Na legenda é dito que a mulher foi atacada quando passeava com o seu cão da raça Border Collie.

Um homem que narra a ação diz que a vítima teria sido mordida na perna e no braço. Diz ainda que a capivara teria arrancado "um pedaço". Essa informação não foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros.

"Tá dando tudo certo. Não teve hemorragia. O sangue parou", conta o narrador do vídeo.

Outro caso no mesmo lugar

Em outubro, um adolescente de 15 anos deu entrada numa clínica particular após ser atacado por uma capivara, também na Lagoa, segundo relato de sua mãe. Ela disse que o menino foi mordido no ombro, na coxa e na mão.

O incidente aconteceu quando o garoto passeava pelo local com sua cadela, qiue também foi atacada pelo roedor, que estava com filhotes. O jovem foi socorrido por um ciclista que chamou a ambulância. A cachorra se assustou e fugiu, tendo sido encontrada mais tarde perto de um shopping, no Leblon, por um estrando que avisou a família.

— É importante as pessoas saberem que a capivara pode atacar —, alertou, na ocasião, a mãe que não quis se identificar.


Fonte: O Globo

Postar um comentário

0 Comentários