Confira:

6/recent/ticker-posts

FALTA DE ÉTICA MÉDICA - Mulher afirma que Kalil comenta detalhes íntimos de pacientes, inclusive das famosas: ‘Ele é muito antiético’


A experiência traumática da influenciadora digital Shantal Verdelho com o médico Renato Kalil provocou indignação e levantou uma onda de denúncias. Uma outra mulher acusa o obstetra de quebra de sigilo: “Todas as consultas ele fala de outras pacientes”.

Porto Velho, RO - Um obstetra que xinga e humilha suas pacientes durante o trabalho de parto. A experiência traumática da influenciadora digital Shantal Verdelho com o médico Renato Kalil provocou indignação nas redes sociais e levantou uma onda de denúncias. São outras mulheres que acusam Kalil de violência obstétrica e também de abuso sexual.

Uma delas, que prefere não ser identificada, falou com exclusividade para o Fantástico, e afirmou que foi assediada por Kalil em uma consulta médica há cinco anos.

“Uma pessoa muito próxima a mim estava fazendo tratamento com ele para engravidar e me indicou. Eu fui em uma consulta. Ele falou que eu tinha um corpo bonito. Já achei muito estranho. Aí ele começou a me perguntar sobre a minha vida sexual. Se eu tinha relação sexual com mulheres e eu falei que sim. Eu sou bissexual. E aí ele começou num papo de falar de uma fantasia que ele tinha. Umas coisas... e eu comecei a me sentir muito constrangida. E eu tenho muita raiva que no dia eu não consegui fazer absolutamente nada. E aí nunca voltei”, conta.

Uma outra mulher acusa o médico de gordofobia e quebra de sigilo ao comentar sobre situações íntimas de outras pacientes.




Uma ex-funcionária do médico contou, por telefone, que sofreu abusos dentro da casa dele.


Repórter: O que ele pedia, por exemplo? Pedia para você tocar nele?
Ex-funcionária: Isso.
Repórter: E como você se sentia nesses momentos?
Ex-funcionária: No primeiro momento foi a coisa mais difícil da minha vida.
Repórter: Vocês chegaram a ter relações sexuais mesmo?
Ex-funcionária: Sim.
Repórter: Se você pudesse descrever quem é o Renato Kalil.
Ex-funcionária: Para mim ele é um doente.

O médico Renato Kalil respondeu as acusações em nota enviada por sua assessoria de imprensa. Ele afirmou que jamais recebeu nenhum tipo de reclamação no Conselho Regional de Medicina ou em qualquer hospital. Que não teve a intenção de ofender ou magoar qualquer pessoa e que, se alguém se sentiu ofendido, pede desculpas. Disse que repudia veementemente os relatos mentirosos que aludem atos com conotação sexual. Que está à disposição e vai colaborar com as autoridades e que tomará medidas judiciais contra qualquer um que faça acusações caluniosas.


Veja o vídeo:


Fonte: G1


Postar um comentário

0 Comentários