Confira:

6/recent/ticker-posts

Covid: mulher ganha direito de usar ivermectina no marido, e ele morre


O americano Keith Smith, 54 anos morreu

Porto Velho, RO - O americano Keith Smith, 54 anos, morreu, no último domingo (12/12), vítima da Covid-19 após ter sido tratado com ivermectina. O homem foi admitido no hospital, teve o quadro agravado e foi colocado em coma induzido quando sua esposa, Darla Smith, entrou na Justiça para garantir que ele tomasse o remédio, que não tem qualquer indicação contra a infecção.

O juiz entendeu que o hospital não pode ser obrigado a usar o medicamento nos pacientes, mas a família tem direito de optar por outro profissional que prescreva o remédio.

A esposa do americano contratou um médico independente, que administrou duas doses de ivermectina a Keith. O quadro do paciente piorou drasticamente, e o profissional decidiu interromper o uso do medicamento mesmo com a autorização. Keith faleceu sete dias depois.

A ivermectina é um remédio antiparasitário, usado para tratar algumas doenças como a sarna. O medicamento não é aprovado para tratamento da Covid-19, que é causada por um vírus, nos Estados Unidos, e a Organização Mundial de Saúde (OMS) já se posicionou contra o uso por falta de evidências científicas.


Fonte: Metrópoles


Postar um comentário

0 Comentários