Confira:

6/recent/ticker-posts

Barroso parte para cima do Telegram


Presidente do TSE, Luís Roberto Barroso requisitou uma reunião com o diretor executivo do Telegram para discutir o combate à desinformação


Porto Velho, RO - O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), requisitou na quinta-feira (16/12) uma reunião com o diretor executivo global do aplicativo de mensagens Telegram, Pavel Durov, para tratar de uma possível cooperação no combate à desinformação no Brasil.

Barroso disse no ofício que o Telegram apresenta rápido crescimento no país e que muitas teorias da conspiração e informações falsas sobre o sistema eleitoral têm sido disseminadas no aplicativo sem que exista qualquer restrição.

O ministro explicou ao executivo do Telegram que o TSE tem a função de organizar e conduzir as eleições no Brasil e que o diálogo com provedores de aplicativos de internet tem sido importante para coibir a disseminação de mentiras sobre o processo eleitoral.

Barroso sugeriu à empresa que envie algum representante para estabelecer contato com o TSE e para avaliar quais ações poderiam ser adotadas para coibir as fake news. O Telegram não possui escritório no Brasil.


Fonte: Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários